SEALL e FUNDAMIG selecionam organizações de Minas Gerais para consultorias

///SEALL e FUNDAMIG selecionam organizações de Minas Gerais para consultorias

SEALL e FUNDAMIG selecionam organizações de Minas Gerais para consultorias

O objetivo é demonstrar, de acordo com os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável da Agenda 2030, o impacto realizado por elas e, assim, torna-las mais atrativas para investidores.

A startup de Minas Gerais SEALL, em parceria com a FUNDAMIG – Federação Mineira de Fundações e Associações de Direito Privado, prestará consultoria para 10 Organizações da Sociedade Civil do Estado, incluindo a própria Federação. O objetivo é que as organizações possam contribuir ainda mais para o alcance dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) da Agenda 2030, promulgada pela ONU. A startup irá auxiliar na realização do primeiro passo para a implementação de uma gestão estratégica e mais efetiva do impacto socioambiental e econômico, tornando as organizações, consequentemente, mais atrativas para investimentos pelo mercado. O projeto terá duração de 42 dias úteis para cada organização atendida.

“É muito importante para as organizações do Terceiro Setor aprenderem com o Segundo e o Setor 2,5 (dos negócios sociais) que, mesmo atuando com causas sócio ambientais e sendo organizações sem fins lucrativos, é muito importante ser uma organização superavitária, pois sem recurso não há (ou há pouco) impacto positivo para o desenvolvimento. As organizações só irão alcançar esse patamar se profissionalizando cada vez mais, atuando com equipes altamente qualificadas e obtendo investimentos, que podem vir mais facilmente se estiverem alinhadas aos Objetivos de Desenvolvimento Global, os ODS, da ONU.”, afirma Julia Caldas de Almeida, superintendente executiva da FUNDAMIG.

Para o processo de seleção das associadas, que está em andamento, foi necessário o preenchimento de alguns requisitos: elas devem ser de pequeno porte (recorte via faixa de receita), sendo quatro com atuação para o fortalecimento do Terceiro Setor (ODS 16 e 17) e cinco com atuação na área de Saúde (ODS 3).

Com as consultorias, as organizações conseguirão oferecer ao mercado investidor uma comunicação mais assertiva de como elas contribuem e estão alinhadas para o alcance das metas globais de desenvolvimento sustentável. Com isso, poderão ampliar a sua atratividade e financiabilidade para captar recursos – fundamental para a sobrevivência e para potencializar o impacto positivo gerado.

“Ao final, as organizações vão ter uma maior clareza sobre o alinhamento que possuem com os ODS e sua proposição de impacto em relação a Agenda 2030, além de conseguirem identificar em quais metas mais contribuem. Assim, será possível desdobrar esse resultado em uma série de ações estratégicas em relação ao que é interessante para a organização e os seus públicos. Ao mesmo tempo que vão poder avançar com a mensuração do impacto econômico e socioambiental alinhado à Agenda 2030”, diz Gabriela Ferolla, diretora executiva da SEALL.

Como irá funcionar

A SEALL irá prestar toda a consultoria de forma remota. Para iniciar, será realizada a reunião de partida (reunião entre as equipes) para alinhamento do trabalho a ser desenvolvido, nivelamento de expectativas e apresentação da equipe responsável. Em seguida, acontecerá o recebimento de lista dos stakeholders (públicos de interesse) que irão participar da pesquisa de materialidade estratégica aos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) – metodologia exclusiva desenvolvida pela startup.

O próximo passo da consultoria é a aplicação de pesquisas com esses stakeholders, que interagem ou são impactados pelas ações das organizações, com o intuito de coletar as suas percepções sobre a geração de impacto pela organização, a partir das temáticas e subtemáticas da Agenda 2030. Após, será feita uma análise dos dados coletados na pesquisa para desenvolvimento do relatório de materialidade estratégica aos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável. Na sequência, será feita a validação da composição do relatório e realização de adaptações diante dos feedbacks recebidos e a entrega final da proposta para o documento.

SEALL

A SEALL é uma startup de impacto que auxilia organizações a fortalecerem os seus legados por meio de uma gestão estratégica e inovadora do impacto socioambiental e econômico. Utiliza os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável da ONU como matriz norteadora para o alinhamento estratégico das organizações e tradução dos seus resultados em uma linguagem global.

FUNDAMIG

A Federação Mineira de Fundações e Associações de Direito Privado – FUNDAMIG, primeira organização representativa de Fundações no Brasil, foi criada em 30 de novembro de 1994, por uma aliança entre Fundações e o Ministério Público de Minas Gerais, que ainda perdura.

Com o propósito de fortalecer o Terceiro Setor para que esse possa dialogar em pé de igualdade com os demais setores da sociedade, a fim de promover o desenvolvimento sustentável, a FUNDAMIG permanece resiliente em seu trabalho de unir, qualificar e representar o Terceiro Setor.

Assessoria de imprensa | GBR Comunicação

Renata Veríssimo –  renata.verissimo@gbr.com.br | 61 9 9333-7922

Catarina Boechat – catarina.boechat@gbr.com.br | 61 9 9333-2148

2021-09-30T16:58:26-03:0030, 09, 21|0 Comments

Leave A Comment