Comunicação Não-Violenta: Linguagem e Habilidades Comunicativas

//Comunicação Não-Violenta: Linguagem e Habilidades Comunicativas
Carregando Eventos

Data: 21 de novembro

Horário: 14h às  18 horas

Facilitadora:  Mari Rocha e Nanda Soares

Inscrições: AQUI

Conteúdo Programático:

Falar sobre Comunicação Não Violenta – CNV é uma forma de se propor a estabelecer interações verdadeiras entre as pessoas para construir uma comunicação efetiva.

Vamos falar sobre os 4 passos da Comunicação Não Violenta, que oferecem uma estrutura básica para abordar problemas humanos e estimular o desenvolvimento de habilidades comunicativas:

  • Observação
  • Sentimento
  • Necessidade
  • Pedido

A aplicação da CNV em nossa vida e no mundo ocorre em diversas situações e níveis de comunicação, como em negociações diplomáticas e comerciais, no cotidiano das organizações da sociedade civil, empresas, escolas, famílias, em mediação de conflitos, dentre outras.

Temas abordados:

– linguagem;

– atitudes;

– inteligência emocional;

– trabalho em equipe.

A Comunicação Não-Violenta (CNV) se configura como uma forma empática de ser, estar e se comunicar com os outros. Este processo baseado na compaixão foi desenvolvido por Marshall B. Rosemberg, psicólogo que transformou as suas vivências em uma pesquisa profunda sobre as relações humanas, construindo uma abordagem poderosa para inspirar conexões e ações compassivas.

Minicurrículo 

Mari Rocha

Atua há mais de três anos com Coaching,  facilitando o desenvolvimento e crescimento das pessoas que buscam viver uma vida com mais realização, propósito e satisfação. É turismóloga de formação, empreendedora por ideal, com formação, e em constante aprendizado, na área de Comunicação Não Violenta pelo Instituto Internacional de Facilitación y Cambio, apaixonada pelo processo de transformação das pessoas.

Nanda Soares

Acredita na comunicação como um recurso de transformação social. Bacharel em Relações Públicas com especialização em Mídias Sociais e Gestão da Comunicação Digital. Engajada nos​ movimento​s​ de empreendedorismo social e empoderamento feminino, atua há 10 anos no Terceiro Setor, desenvolvendo campanhas, projetos socioeducativos e de sensibilização. Se aprofundou na produção de conteúdo estratégico inspirada em abordagens centradas no ser humano, como o Design Thinking e didática empática. Formação na área de Comunicação Não Violenta e Mediação de Conflitos pelo Instituto Internacional de Facilitación y Cambio, em contínuo aprendizado. Sócia-fundadora da Conectidea, núcleo criativo de design, comunicação e articulação social.

ATENÇÃO: A organização do evento se dá o direito de adiar ou cancelar a turma, caso não atinja o número mínimo de inscritos, até 2 dias úteis antes da data do evento. Nesses casos, inscritos serão contatados e terão a inscrição estornada.